Cirurgia Bariátrica e Psicologia: Muito além da Avaliação Psicológica

A cirurgia bariátrica não é garantia de emagrecimento definitivo, mas pode ser vista como uma oportunidade onde o compromisso do paciente e suas escolhas conscientes, podem garantir a manutenção do peso saudável.

Diante disso, o trabalho da psicologia na equipe multidisciplinar, vai muito além de uma simples avaliação. Neste processo que exige estar atento as contra indicações, torna-se fundamental esclarecer dúvidas e conscientizar o paciente sobre a cirurgia, suas consequências e mudanças que serão vivenciadas.

Muitos pacientes que travam anos a batalha contra o excesso de peso, tem a fantasia de que após o emagrecimento não poderão surgir dificuldades, pois a luta contra a obesidade sempre foi vista como seu maior obstáculo e também o mais difícil.

O fato é que após o emagrecimento, não deixam de existir dificuldades de relacionamento, problemas no trabalho, festas e encontros sociais sempre com muita comida, dificuldades econômicas... sem contar o fato que a cirurgia bariátrica não trata maus hábitos alimentares, depressão ou outros transtornos psíquicos.

Outro fato importante, são as mudanças que o processo de emagrecimento trazem como consequência. Além das rápidas transformações no corpo, ocorrem transformações nas relações familiares, sociais, bem como sua própria relação com a nova forma física.

Alguns tem dificuldade em lidar com um corpo que atrai olhares, muitos querem fazer coisas que antes não faziam, seja por vergonha, isolamento ... e passam a adotar comportamentos diferentes que podem ocasionar ciúmes, rivalidades, boicotes...

Enfim, cada um tem uma história, uma relação com a comida e seu corpo. Embora a obesidade seja um problema multifatorial, o trabalho psicológico a ser desenvolvido é muito particular, já que estamos lidando com diferentes vivências e diferentes processos que necessitam de um acolhimento sem julgamento moral.

Não é uma tarefa fácil, mas sim um grande desafio que enfrentamos diariamente na tentativa de despertar em cada paciente o compromisso em cuidar de si e consequentemente o compromisso com o resultado cirúrgico.

Danielle Nuernberg

Psicóloga Bariátrica

Especialista em Psicoterapia Psicodinâmica Breve

Membro COESAS / SBCBM - Comissão de especialidades associadas a Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica

@psicodaniellenuernberg